11 9.4544-5445 | 11 9.9704-4872

Notícias


02/03/2015 - 23:23:50

Internacional - Maior requeijão do mundo fabricado em Oliveira do Hospital

O queijo Serra da Estrela foi a figura principal do cartaz da 24.ª edição da Festa do Queijo da Serra da Estrela, que decorreu este fim de semana em Oliveira do Hospital. No evento, que contou com 200 expositores, destacaram-se também os produtos da região, como o vinho do Dão, o azeite, o mel, os enchidos ou a doçaria, assim como as tosquias e fabrico de queijo ao vivo e ainda para a feira de artesanato e colecionismo.

Foram dois dias de festa onde se celebrou uma das sete maravilhas da gastronomia portuguesa.

A maior atração foi a confeção ao vivo do “maior requeijão Serra da Estrela do mundo”, respeitando as normas de certificação do queijo Serra da Estrela com denominação de origem protegida (DOP). O processo envolveu várias queijeiras do concelho, mas no final o objetivo foi conseguido: um requeijão com 54.150 quilos que fez o gosto ao paladar das várias centenas de pessoas que visitaram o certame.

O recorde vai ser enviado para o Guinness World Records para constar no livro dos maiores recordes do mundo.

Requeijão de origem protegida

Requeijão Serra da Estrela – DOP é um produto fresco, de cor branca, com consistência macia e cremosa, bem ligada e lisa ao corte, textura uniforme e ligeiramente granulosa, com a forma do recipiente que o contém ou de um cilindro baixo irregular, bouquet agradável e sabor suave e aveludado, fundindo-se facilmente na boca. O seu peso varia entre 150 e 400 gramas.

Este requeijão é um produto muito apreciado e resulta da produção do Queijo Serra da Estrela, por precipitação ou coagulação (pelo calor) das proteínas contidas no soro. A massa assim obtida é depois colocada em açafates. Ao soro é permitida a adição de leite de ovelha e cabra em condições particulares e devidamente autorizadas.

A área geográfica correspondente à produção do Requeijão Serra da Estrela – DOP compreende os concelhos de Carregal do Sal, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Gouveia, Mangualde, Manteigas, Nelas, Oliveira do Hospital, Penalva do Castelo e Seia e algumas freguesias dos concelhos de Aguiar da Beira, Arganil, Covilhã, Guarda, Tábua, Tondela, Trancoso e Viseu.

O uso da Denominação de Origem Protegida implica que a produção do Requeijão Serra da Estrela – DOP seja realizada de acordo com o que ficou definido no caderno de especificações, nomeadamente no que se refere às condições de produção do leite, higiene da ordenha e conservação do leite e fabrico do produto. Aquando da rotulagem devem ser cumpridos os requisitos da legislação em vigor, devendo o rótulo ostentar a marca de certificação aposta pela respectiva entidade certificadora e mencionar a Denominação de Origem Protegida.

http://www.revistaport.com/maior-requeijao-do-mundo-fabricado-em-oliveira-do-hospital/

"Leia e Assine Revista Cabra & Ovelha"
"Revista Cabra & Ovelha - Sua Parceira de Verdade"



Voltar